[ editar artigo]

Literatura significativa desde a educação infantil visando a formação de cidadãos conscientes.

Literatura significativa desde a educação infantil visando a formação de cidadãos conscientes.

Como já sabemos a escola é um espaço privilegiado de relações, possibilitando a aquisição de princípios para uma sociedade justa, igualitária e com olhar crítico, privilegiado porque lá se encontra uma grande diversidade e diferenças. Diante disso é preciso que no âmbito escolar seja garantido vivencias de respeito ao próximo, solidariedade e harmonia, porém esse cenário acabou por ser palco de violência, causada por intolerância, preconceito, desrespeito, descumprindo o que pede a Declaração dos Direitos Humanos de que todos são livres e iguais em dignidade e direitos, tem garantia de liberdade de expressão, opinião, independente de etnia, sexo, raça, classe social dentre outros.

Além de ensinar ao aluno os signos de leitura e escrita a escola é formada de futuros cidadãos que precisam além de ler e escrever precisa saber interpretar, questionar, refletir, ter uma leitura de mundo como já disse Paulo Freire. Temos então na literatura infantil a possibilidade para se formar cidadãos ativos em uma sociedade onde se predomina a voz do homem, do branco, do intelectual, do rico, através da literatura significativa essas crianças podem se tornar críticos, reflexivos, se encontrarem como seres humanos no seu contexto social capazes de reconhecer seus deveres, direitos e ter sua própria interpretação das coisas sem aceitar o que apenas lhe é imposta.

O professor precisa abordar esses temas transversais de valores básicos como cidadania, violência, ser humano como produtor de sua cultura desde a educação infantil, abrir espaço em rodas de conversa após leitura com temas relacionados, incentivando sobre a importância do aprendizado que se pode adquirir através da literatura, um aprendizado além da codificação de letras e palavras, mas um aprendizado para a vida. Com docentes trabalhando nessa visão estarão contribuindo para uma cultura de paz e solidariedade na escola, pois terão alunos cientes de que os nossos direitos termina onde começa o do outro, respeitando e interagindo com as diferenças.

Alfabetizadores.com
Ler conteúdo completo
Indicados para você